Foram três barrigas, três filhos, três experiências diferentes, e três tesouros para o resto da vida.
Nunca tive dúvida sobre querer ser mãe, era fato, desejo, certeza.
Lucas, Laura e João vieram ao mundo em circunstâncias diferentes da minha vida, cada gravidez tem a sua história, suas particularidades, alegrias, sintomas e preocupações.

Ver mais...
111

Tudo é uma questão de escolha! Ser mãe, para mim, é daquele tipo de decisão quem tem que ser tomada com calma, colocando na balança uma série de fatores. Não basta apenas querer ter um bebezinho lindo e tirar várias fotos com ele para mostrar para os amigos.

Ver mais...

Ser mãe é padecer no paraíso. Uma frase um tanto insólita para a maternidade. Padecer é sofrer, ser atormentada, ser incomodada… Ao mesmo tempo, no paraíso… No lugar perfeito, envolto no amor e na felicidade plena da maternidade.

Ver mais...

Rede Mães de Minas é uma rede social especialmente pensada para mães mineiras.

Ver mais...
1140198609-209

A motivação para este texto reside no fato de que 28 de Maio é o Dia Internacional de Luta Pela Saúde da Mulher. Mas o que será saúde, mesmo?
Tenho achado cada vez mais complexo responder a esta pergunta. Quanto mais o tempo marca o meu corpo e me aponta a finitude, menos certeza eu tenho sobre as coisas. Mas isso é bom! Recentemente li que as certezas dividem as pessoas enquanto as dúvidas as unem.

Ver mais...
2-095

Que a chegada do bebê é um presente de Deus ninguém tem dúvidas, mas muitas vezes entramos em desespero ao imaginar que em poucos meses seremos responsáveis por um serzinho indefeso.
As angústias aumentam na mesma proporção que a barriga cresce.

Ver mais...
dia_internacional_hemofilia_1

Hemofilia é uma doença genética, muito importante para todos nós.
Historicamente vimos brasileiros notáveis como o Henfil e o Betinho; e outros tantos anônimos sofrerem das consequências desta grave enfermidade. É uma doença que obrigava seus pacientes à, pacientemente, se submeter à sessões frequentes de transfusões sanguíneas e outros vários transtornos.

Ver mais...

O pilates entrou na minha vida três meses antes de eu descobrir que estava grávida. Após a maravilhosa notícia a minha médica autorizou que eu continuasse com as aulas e acredito que essa foi a melhor escolha que poderia ter feito.
Como o pilates me fez bem! A começar pelo alívio das dores na coluna. Eu já tenho escoliose, cifose, hiperlordose… rss. Grávida, então, carregado aquele peso todo, não ia ser fácil. Também era possível notar que as pernas se desinchavam rapidamente após os exercícios. Um outro benefício, é que aprendemos a preparar o nosso corpo para o parto normal.

Ver mais...
última atualização: segunda-feira, 9 de novembro de 2015 11:49:49