Mitos e tabus do pós-parto

O pós-parto é um período em que a mulher experimenta modificações físicas e psíquicas, muito vulnerável a intercorrências, tais como: hemorragias, infecções, intercorrências mamárias da lactação e depressão puerperal.

Nesse período, as mulheres são orientadas através de familiares que transmitem suas crenças, hábitos, atitudes e condutas nos cuidados que se devem ter.

Por ser uma fase em que se encontram mais vulneráveis em termos físicos e simbólicos, as mulheres adotam uma série de práticas baseadas em mitos e tabus.

Estas práticas estão relacionadas com vários aspectos como alimentação, higiene, atividade física e sexual, manutenção do aleitamento materno e aos cuidados com ferida operatória.

Seguem-se alguns tabus e mitos relatados por várias mulheres, e que não apresentam fundamento científico e devem ser desmistificados:

  • «Não pode lavar o cabelo no período pós-parto, de resguardo. A perda sanguínea é perigosa e se lavar a cabeça nesse período, o sangramento pode reverter da vagina para a cabeça deixando a mulher louca.» – Isto não é verdade! Pode lavar sua cabeça à vontade.
  • «Deve evitar alimentos “reimosos”» – É verdade que é importante ter alguns cuidados com a alimentação, mas de uma forma geral não precisa evitar a maioria dos alimentos.
  • «Deve realizar repouso durante todo o resguardo (em torno de 40 dias), evitar fazer atividades diárias.» -  Não é necessário repouso absoluto, e a mulher pode perfeitamente retomar as atividades diárias e cuidar do bebê recém-nascido.
  • «Mal dos sete dias, onde mãe e bebê ficam reclusos dentro de casa para proteger contra as forças sobrenaturais». – É um mito antigo que não tem qualquer valor científico.
  • «A amamentação faz a mama cair.» – O ato de mamar, por si só, não faz a mama cair; este acontecimento depende da predisposição genética da mama e do uso adequado do sutiã de reforço.
  • «Se o bebê arrotar no peito, ele não vai rachar.» – Este é outro mito que não tem fundamento científico.
Publicado em 1 de outubro de 2012 / Atualizado em 3 de outubro de 2013

Veja o que a nossa comunidade está dizendo sobre este tema e comente! Comentar