Rinite na gravidez

Nariz entupido, escorrendo sem parar e com prurido são sintomas relativamente comuns em grávidas.

As mulheres que já tinham rinite, alergias ou asma antes da gravidez podem manter os sintomas ou até mesmo tê-los agravados.

Se os sintomas não existiam antes  e só surgiram durante a gravidez, pode ser sinal de “rinite vasomotora da gestação”. Pode ser causada por uma combinação de fatores como uma hiper-reatividade alérgica e aumento da circulação sanguínea na mucosa nasal provocados ou agravados pelos hormônios que circulam pelo organismo da mulher grávida.

Há uma congestão nasal evidente, ocorrendo em geral nos primeiros meses da gestação, desaparecendo no período pós-parto, podendo surgir em mulheres sem história pessoal ou familiar alérgica. Também podem ocorrer prurido nasal e auricular e coriza  muitas vezes abundante.

O tratamento é feito com lavagem frequente das narinas com soro fisiológico e, em casos com sintomas mais intensos, alguma medicação anti-alérgica ou descongestionante, que só deverá ser usada se receitada pelo médico.

Não pingue descongestionante tópicos por conta própria no nariz! É importante não usar qualquer medicamento sem orientação médica durante a gravidez! Saiba um pouco mais sobre o uso de medicamento na gravidez aqui.

Publicado em 1 de outubro de 2012 / Atualizado em 7 de outubro de 2013

Roithmann, R. Rodrigues, E., Canella, P. (1999) Tópicos em Terapêutica – Otorrinolaringologista: Rinites na gravidez. Revista Jovem Médico. A4 N1. Retrieved from: Moreirajr.com.br

Veja o que a nossa comunidade está dizendo sobre este tema e comente! Comentar