Você é mãe o suficiente?

Causou grande comoção nos EUA a capa da revista Time do dia 21 de maio, na qual está a foto de uma mãe amamentando uma criança de três anos.

Para mim, provocativo mesmo foi o título da matéria: “Are you mom enough?”

Afinal, o que é ser uma boa mãe? Todas nós, em algum ponto, fazemos esta pergunta. E a fazemos porque ser mãe, a despeito do senso comum, não é algo natural no sentido estrito, ou seja, nós não nascemos mães.

(Nascer equipada biologicamente para a maternidade não nos torna mães).

E eu acredito que a percepção de que não nascemos mãe tenha se agudizado contemporaneamente em função da redução no tamanho das famílias. Ou seja, como não crescemos rodeadas por crianças, não temos a oportunidade de aprender como cuidar de crianças enquanto crescemos. Em muitos casos, a primeira criança com a qual vamos conviver cotidianamente são nossos filhos.

Mas eu tenho certeza que amamentar ou não nossos filhos não faz de nós, a priori, boas ou más mães. Eu amamentei com enorme prazer, mas conheço mães excelentes que não puderam ou não quiseram amamentar seus filhos.

Tenho para mim que, para sermos boas mães, precisamos nós saber imperfeitas, falhas, insuficientes. Precisamos abrir o espaço da falta, para que nossos filhos sintam a necessidade da busca. Precisamos tolerar a frustração (nunca evitá-la), para que nossos filhos aprendam limites. Precisamos aprender a ouvir, de verdade, porque os filhos nos dizem do que precisam e nos revelam quem nós somos.

Enfim, quando nasce um filho, nasce uma mãe!!

Publicado em 1 de outubro de 2012 / Atualizado em 24 de maio de 2013

Veja o que a nossa comunidade está dizendo sobre este tema e comente! Comentar